/home em outra partição

domingo, 13 de abril de 2008

Olá.

Antes de mais nada, gostaria de agradecer as palavras do Mega no post anterior.
Também é um prazer tê-lo como amigo. E quanto ao Linux, é como costumo dizer...Linux não é apenas um SO, é um estilo de vida. ;)

---

Bom, nos tempos de Faculdade, eu e o Anderson (vulgo Furão), do Blog DaBase, discutíamos a possibilidade de termos a /home numa outra partição e as conseqüências (contras e prós) disso. Na época não tive muito tempo pra testar isso e ele por sua vez continuou no lado fraco da força (entenda-se, usando Janelas). ^^

A princípio pensei em fazê-lo virtualmente. Instalei o Debian para alguns testes e iria tentar, mas acabei desistindo. Ontem resolvi ajeitar algumas coisas aqui e decidi fazer a quente. Eu tinha uma partição (hda1) como nfts (dos tempos remotos).. Bem, tentem acompanhar o raciocínio:

HD 120g.

Antes:

- 30g (primária ntfs)
- 80g (secundária/extendida)
55g (fat32)
20g (ext3)
4g (swap)

Depois:

- 20g (primária ext3)
10g (/ ext3)
10g (/home ext3)
- 88g (secundária)
84g (fat32)
4g (swap)

As ações seriam:

- Remover a partição hda1 (ntfs)
- Criar 2 partições de 10g (ext3) na partição primária
- Redimensionar a partição secundária/extendida,
- Mover o conteúdo da / (partição extendida) para partição primária (10g)
- Mover o conteúdo da /home para secunda partição primária (10g)
- Reorganizar o espaço restante para fat32

Pois bem. Para a tarefa usei tão somente o gParted. Essa ferramenta é fantástica e recomendo a todos que precisem redimensionar ou mesmo analisar suas partições. Para instalá-lo:

apt-get install gparted

Seguindo... consegui mover todo o conteúdo da /home para a nova partição. Já o conteúdo da / apresentou alguns erros (talvez por estar rodando). Tentei fazê-lo via live-cd e mesmo assim não foi tão simples como a /home. Então pensei em instalar novamente o Ub, diretamente na nova partição. O resultado foi fantástico. :D

Durante a instalação, indiquei a nova partição da / e também da /home. Após o término da mesma e o boot inicial, todas as configurações anteriores estavam lá. Wallpaper, ícones (nos mesmos lugares), auto-inicialização de aplicativos, configurações de rede, temas, todas as configurações do Firefox (extensões, sites que tinham ficados abertos, etc), contas de e-Mail do Thunderbird (após instalá-lo), enfim...tudo que estava na instalação anterior estava alí, como se nada tivesse acontecido.
A única ressalva fica por conta dos aplicativos que não são instalados de 'fábrica'. Exemplo: amarok. Ele não vem instalado por default. Mas após instalá-lo, ao abrí-lo estavam lá as últimas faixas ouvidas. Ao instalar o wine e chamar o uTorrent, estavam lá todos os donwloas que eu estava fazendo antes.

Depois eu removi a ext3 que continha a instalação anterior do Ub e redimensionei conforme plano acima.

Resumindo: mantenha a sua /home numa partição diferente da / para facilitar qualquer reinstalação que venha a necessitar.

Nessa etapa aprendi que a cópia pura via cp não é muito indicada, já que ela irá recriar o dono do arquivo e conseqüentemente dar-lha uma nova data e horário de criação. O ideal nesses casos é a utilização do cp -Rp que irá manter todos os atributos dos diretórios.

-R = --recursive=copy directories recursively
-p = --preserve=mode,ownership,timestamps

Mais informações, lembre-se que o man é amigo de todos. :)

man

Ah, dessa vez instalei o Ub em inglês. Puro capricho. =]

Por fim, quero indicar um Blog bastante interessante: http://www.linuxscreens.blogspot.com/ e reforçar as visitas ao http://infodabase.blogspot.com/ (que sempre tem bons artigos e publicações). ;)

[]'s

2 comentários:

InFog (Evaldo Junior) disse...

Eu já utilizo a home separada, é uma beleza, quando migrei do slackware para o debian todas as minhas configurações de desktop foram mantidas, históricos, favoritos e extensões do firefox, caixa de entrada do thunderbird e tudo o mais.

Recomendo!

Diego disse...

Eu tbem uso em partições separadas desde os tempos do kurumim. Como vivo testando distros, instalando, desistindo, voltando, reinstalando e tals, pelo menos nao perco as configurações :)